Educação de filhos

4 pontos de alerta no comportamento das crianças

4 pontos de alerta no comportamento das crianças

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

E ainda no Amarelo do nosso Setembro, gostaríamos de fazer uso dessa cor não só como alerta, mas lembrar o brilho e a vida que ela também nos remete!

“Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz”.
Salmos 36:9

E sobre a luz que o amarelo nos mostra, lembre-se, você pode ser um instrumento de Deus diariamente, olhando para o lado, estendendo a sua mão e cuidando enquanto há vida!

Hoje, nosso sinal de alerta é sobre as crianças. Nossa psicóloga da Educação Infantil, Sarah Coutinho, trouxe 4 pontos para observarmos no comportamento delas que podem indicar que elas estejam passando por situações difíceis, imperceptíveis e necessitando de um cuidado a mais! Orientações para que possamos estar atentos para acolher um coração que muitas vezes não sabe gritar.

1. Convívio social / brincadeiras

O isolamento social pode ser um sinal de alerta. Não estamos nos referindo ao isolamento que estamos sendo obrigados a viver por conta da pandemia, e sim de uma escolha da criança. Devemos ficar atentos se a criança não quer sair para brincar, não quer conviver com outras crianças, quando chega nos ambientes se retrai, fica sempre do lado do adulto, prefere sempre estar sozinha, não tem ânimo para brincar, nem mesmo sozinha. Ela se encontra num desânimo tão grande que não demonstra criatividade, não quer fazer atividades… Se esses comportamentos estiverem sendo recorrentes, devemos ficar de olho.

2. Alteração no sono

A alteração no sono é outro ponto que precisamos estar atentos. A criança está dormindo demais? A criança está dormindo de menos?

Observe se ela passou a apresentar insônia ou está constantemente com dificuldade para dormir, ou se está dormindo demais, não quer sair da cama, fica desanimada, sempre prefere deitar ou dorme mais que de costume.

3. Alteração no apetite

Se você tem percebido que a criança está comendo exageradamente, abrindo demais a geladeira, pedindo muita comida, ou até apresentando comportamentos de ansiedade como roer as unhas, ficar nervosa, mordendo os lábios… ela pode estar precisando de ajuda.

Ou se de forma contrária, ela passou a ficar sem apetite, principalmente se era uma criança que não dava trabalho para comer, mas agora perdeu o gosto pela comida, não aceita nem mesmo seus lanches favoritos. Este é um sinal de alerta.

4. Dificuldade de separação

Algumas crianças sentem um pouco quando precisam se separar do adulto por um tempo, mas logo superam e se integram ao ambiente, interagem com outras pessoas e começam a brincar. Mas quando essa separação desorganiza totalmente a criança de forma angustiante, ela não consegue ficar bem e depende da presença daquele adulto para se sentir melhor, essa criança precisa de ajuda.

Se você tem observado algum, ou vários, desses comportamentos nas crianças com que convive, estenda sua mão, busque apoio primeiramente e Deus e encontre os recursos dados por Ela para ajudar, antes que a situação se agrave.

Que possamos ser canal da Luz de Deus para salvar vidas!

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos