Disciplina

8 estratégias para fazer seu filho pequeno se comportar no culto

8 estratégias para fazer seu filho pequeno se comportar no culto

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

1 – Comece a ensinar em casa

É em casa que os maiores ensinos que as crianças precisam acontecem. Por isso, converse com seu filho (caso ele já entenda) e fale sobre o que vão fazer. Por exemplo: filho, hoje nós vamos à igreja, vamos orar ao papai do céu, cantar músicas lindas e ouvir o pastor pregar a palavra de Deus. O papai e a mamãe querem que você se comporte assim…”. Isso já gera na criança uma expectativa de como precisará agir. Ela vai começar a entender aquele ensino mas, claro, seja paciente, pois ela não vai aprender isso logo na primeira vez.

2 – Faça cultos em casa

Muitas crianças não conseguem se comportar na igreja simplesmente porque é um ambiente em que elas não sabem se comportar. É quase um absurdo os pais exigirem algo de uma criança que simplesmente ela não sabe e que não aprendeu. Os cultos domésticos são muito importantes nesse quesito. Faça um culto em casa parecido com a programação que sua igreja tem, mas com um tempo menor. Coloque música, oração, pregação da Palavra e busque ensinar seu filho a se comportar ali. O objetivo é que a criança acostume e aprenda a se portar. Se sua igreja tiver reunião de oração, é também uma boa forma de ensinar levando seu filho e ensinando-o em um ambiente com menos pessoas.

3 – Não deixe o mau comportamento fazer você desistir

Sim, é chato quando nosso filho faz birra na igreja, chora, se joga no chão, fica querendo andar toda hora. Ficamos envergonhados e pensamos: o que as pessoas vão achar de mim como pai? Mas entenda que muito mais importante do que o que as pessoas vão achar, é você investir no crescimento do seu filho, expondo ele ao aprendizado também na prática. Essas situações revelam para os pais que eles precisam atuar de uma forma mais específica com o filho. Ou seja, fazem parte do aprendizado. Não se preocupe com o que as pessoas pensam. Todos já foram filhos um dia e aqueles que já tem filhos passam por situações parecidas.

4 – Abuse das conversas ao pé do ouvido e lá fora

Se seu filho insiste em se comportar mal na igreja, adote um sistema de advertência e disciplina caso ele insista no mau comportamento. Diante de um comportamento ruim, dê uma advertência ali mesmo, falando ao pé do ouvido. Na negativa dele obedecer, leve-o até um lugar tranquilo (lá fora para não atrapalhar o culto), olhe nos olhos dele e dê a segunda advertência e alerte que, se mais um comportamento errado acontecer, ele sofrerá uma disciplina (que você deve estabelecer qual é e em qual momento irá aplicar).

5 – Seja sábio nas disciplinas impostas

Alguns pais disciplinam os filhos não os levando mais a igreja. Pode isso? Isso está extremamente errado. Tente usar o método do cantinho da disciplina em casa, quando chegarem. Conversem com ele, pontuem os momentos em que se comportou bem, elogie, mas também mostrem o que fez de errado e aplique as disciplinas que prometeu “naquela conversa ao pé do ouvido”. Isso dará peso à sua palavra e fará ele respeitar mais quando você disser algo.

6 – Prepare-se para o culto com seu filho

Mostrar a ele alegria na hora do louvor, cantarem as músicas, levantar as mãos juntos… Isso fará que seu filho enxergue a alegria em cultuar a Deus. Se sua igreja tiver um culto infantil por um tempo durante o culto incentive-o a participar. Fique atento nas estratégias que seu filho usa para não se comportar. Às vezes, uma simples Bíblia de colorir pode ajudá-lo a ter a atenção preenchida naquele momento.

7 – Ajude ele a fazer as necessidades em casa

Um dos grandes trunfos das crianças é o banheiro. Quando estão entediadas em um lugar logo descobrem que o argumento perfeito para sair é pedir para ir ao banheiro ou beber água. Seja atento, faça seu filho ir ao banheiro antes do culto e leve também uma garrafinha de água ou mesmo leite caso for pequeno ainda. Isso te fará avaliar melhor se o que ele tem é uma vontade real ou apenas uma estratégia para sair.

8 – Crie o hábito de elogiar a igreja

Muitas crianças odeiam ir à igreja porque o que ouvem dos pais são apenas críticas. Criticam no carro e em casa o pastor, o louvor, o tempo do culto, o irmão fulano, etc. Procure elogiar a igreja para seus filhos, para que eles possam ver os pontos positivos. Como ainda não pequenos, eles ainda não têm maturidade suficiente para lidar com os pontos de crítica. Por isso, o melhor é fazê-los enxergar o quão bom é cultuar a Deus (como de fato é).

Texto adaptado de: https://www.esbocandoideias.com/2017/03/crianca-se-comportar-na-igreja.html

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos