Cosmovisão

Como ajudar seus filhos a se apaixonarem pelos estudos

Como ajudar seus filhos a se apaixonarem pelos estudos

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

Mais um ano letivo se inicia e com ele novos desafios. Depois de um longo período sem aulas presenciais, as crianças estão de volta à escola. E uma pergunta que pode surgir de vez em quando é “mãe/pai, por que eu preciso ir à escola?” A resposta pode parecer óbvia para nós, mas nossas justificativas podem estar equivocadas.

Afinal, por que realmente precisamos estudar? Qual o sentido de tudo isso? Para te ajudar a responder essas perguntas e a ajudar seus filhos a se encantarem pelos estudos, trouxemos algumas dicas.

1 – Não associe o estudo a um castigo 
Estudar é uma bênção! Quantas pessoas gostariam de ter essa oportunidade e não têm? Não torne isso um castigo para seu filho. Não associe o estudo a punições, como “se você me desobedecer vai passar 1h estudando.” Faça-o desejar conhecer mais. Para saber como fazer isso, confira as demais dicas.

2 – Ajude seu filho a descobrir a razão por que estudamos
Qual tem sido sua justificativa para motivar seu filho a estudar? Você diz que ele precisa ser “alguém na vida”? Ou que precisa arrumar um emprego com um bom salário? Ou simplesmente diz que ele tem que estudar e ponto final? Algumas dessas estratégias podem dar certo por um tempo, mas depois tornam-se sem sentido. Em vez disso, o que você pode mostrar a seu filho é que, como tudo o que fazemos, nós estudamos para a glória de Deus.

A Bíblia nos apresenta um ótimo motivo para estudarmos. Em Gn 1:28 e Gn 2:17 encontramos o que foi denominado “mandato cultural”. Neste mandato Deus colocou a humanidade em um relacionamento singular com a criação. Como vice regente, o homem deveria desenvolver e manter, dominar e sujeitar, guardar e cultivar tudo aquilo que havia sido criado por Deus. Para obedecermos a Deus nessa área e glorificarmos o Seu nome precisamos estudar!

3 – Leve-o a contemplar 
Os conteúdos, às vezes, parecem sem sentido para os alunos. Quantos já disseram “eu nunca usei a fórmula de Bhaskara na vida”?  Quando limitamos nossa visão em relação à natureza do que estudamos, terminamos perdemos de vista sua real dimensão. Mostre a seu filho que, quando estudamos, estamos conhecendo melhor a obra de Deus, descobrindo para que Ele criou as coisas e como usá-las da melhor forma.

Imagine descobrir pinturas perdidas de Van Gogh ou uma sinfonia secreta de Bach: a alegria e a emoção ainda não são comparáveis a conhecer as obras perfeitas de um Deus perfeito. É emocionante e empolgante.

 4 – Ensine que preguiça é diferente de descanso
Você pode mostrar a seu filho que a preguiça não glorifica a Deus. Na Bíblia, encontramos vários textos de repreensão aos preguiçosos. “O caminho do preguiçoso é cheio de espinhos, mas o caminho do justo é uma estrada plana.” (Pv 15:19) Deus nos encoraja a realizar as atividades que nos são propostas com zelo e dedicação. “Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens” (Cl 3:23) O descanso é uma recompensa àqueles que realizaram seu trabalho – e o trabalho das crianças é estudar. Eles descansarão quando tiverem realizado com zelo o que têm de fazer.

5 – Estimule-o a crescer!
Estimule seu filho a almejar crescimento profissional, ser bem-sucedido financeiramente, pois o lucro do trabalho honesto é uma bênção do Senhor. Ser rico não é pecado! “E quanto ao homem, a quem Deus deu riquezas e fazenda e lhe deu poder para delas comer, e tomar a sua porção, e gozar do seu trabalho, isso é dom de Deus.” (Ec 5:19) Entretanto, o dinheiro não deve ser o que norteia nossa vida, o que motiva nossas ações. Não esgote suas forças tentando ficar rico; tenha bom senso! (Pv 23:4) “Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente; quem ama as riquezas jamais ficará satisfeito com os seus rendimentos. Isso também não faz sentido.” (Ec 5:10)

 O Senhor nos dá diversos dons e talentos com os quais nós podemos servir ao Senhor e à sociedade. Quando estudamos, temos a oportunidade de aperfeiçoar esses talentos, adquirir novas habilidades ou mesmo inventar uma nova profissão. Mostre a seu filho que ele deve escolher sua profissão de acordo com a vontade de Deus para sua vida, não baseado no lucro que pode ter.

Ao compreendemos que quando o reino de Deus é nossa prioridade as demais coisas nos são acrescentadas, podemos descansar de todo o peso de ter que adquirir coisas com nossa própria força, pois até a nossa força para trabalhar vem do Senhor. (Dt 8:17-18) Não precisamos ficar preocupados com outras coisas porque Deus está no controle e cuida de nós. Deus sabe aquilo que precisamos para viver (Fontes:
https://www.respostas.com.br/buscai-primeiro-o-reino-de-deus/
https://bereianos.blogspot.com/2013/06/mandato-cultural.html

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos