Disciplina

O que fazer quando meu filho mentir?

O que fazer quando meu filho mentir?

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

Seu filho de 5 anos está brincando num outro cômodo da casa. De repente, você ouve alguma coisa se espatifar no chão.

Você corre até seu filho e o encontra ao lado dos cacos de um vaso.

“Foi você que quebrou?”, pergunta você, zangada.

“Não fui eu, mamãe!”, responde ele rapidamente com uma cara de culpa que o denuncia.

Algo semelhante já aconteceu com você e seus filhos?

O que fazer?

O coração dos nossos filhos é pecaminoso, e inclinado ao pecado.

Eles vão errar, mas a cada erro, temos a oportunidade de mostrar-lhes a direção certa e ajudá-los a acertar o alvo.

  1. Somos chamados a sermos Exemplo.

Os filhos sempre reproduzem a atitude dos pais. Se a verdade é negociável para você, será também para o seu filho.

– Se você recebe um presente de que não gostou e diz que gostou na frente da pessoa, mas, em casa, revela o seu verdadeiro sentimento, você está negociando a verdade.

Algumas pessoas chamam de mentira da misericórdia, afinal não devemos ser muito sinceros, pois assim, iremos magoar outros e afinal de contas, Deus manda amar aos outros como a nós mesmos, não é?

Sim. Mas não cuidamos e amamos o outro lhes faltamos com a verdade.

Se você recebe um presente de que não gostou, você pode apenas agradecer. Não precisa dizer algo que não é verdade.

Se a pessoa perguntar se gostou, dependendo do que for, você pode dizer que acredita que será útil, por exemplo, ou encontre até a forma mais delicada de dizer que não faz muito o seu estilo, mas NÃO MINTA!

Não diga que seu filho tem uma idade que não tem, para se beneficiar pagando um ingresso mais barato.

Não diga que não vai a uma festa porque está doente, quando você só quer descansar.

Não minta pra proteger alguém. Nenhuma mentira é justificável.

O nosso Deus é um Deus de verdade.

Toda mentira é ruim. A Bíblia diz que Deus não aprova a mentira. Não há exceções. (Provérbios 6:16, 17; Levítico 19:11, 12).

Lembre-se! Vivemos para agradar a Deus e não a homens!

E Deus te chama a falar a verdade em TODO o TEMPO. Então, seja EXEMPLO!

  • Não ROTULE.

Se seu filho mentiu, ele não é um mentiroso, ele está mentiroso.

É importante para a criança entender que aquele é um estado momentâneo e que ela precisa, com ajuda, mudar seu comportamento.

Ele errou e precisa se arrepender e em uma próxima situação poderá vivê-la de forma diferente, dizendo a verdade.

  • CORRIJA!

Li em alguns blogs que você não deve punir o seu filho, quando ele mente para se livrar de alguma punição, pois você reforça o comportamento de mentira.

Discordo. Todos os erros de nossos filhos são oportunidades SIM para a instrução e correção.

 Você deve usar as duas vias na efetivação do aprendizado de seu filho. Ele precisa aprender que a mentira é cara e traz consequências, assim como outro erro que ele tenha cometido e estava tentando encobrir.

Não importa a idade, se seu filho errou, não perca a oportunidade para lhes ensinar.

Eu tenho 3 filhos e cada um reage de um jeito diferente a repreensão e o ensino. Portanto, conhecer o seu filho, a ajudará a entender o melhor caminho a seguir.

Se foi a primeira vez, uma sugestão seria:

Na situação do vaso quebrado…

– Abaixe-se na altura de seu filho.

– Olhe nos olhos dele e diga que o nosso Deus é um Deus de verdades, conte a ele o quanto Ele odeia a mentira. E que Deus nos chama a dizer a verdade em TODO O TEMPO, independente da situação.

– Pode inclusive dizer que muito pior do que qualquer vaso quebrado, é o peso da mentira.

– Pergunte novamente e o incentive, desta vez, a dizer a verdade.

– Se ele retomar e disser a verdade, fique feliz por ele e com ele, pois apesar de ter errado inicialmente, ele voltou atrás e falou a verdade.

– Mas não deixe de conduzi-lo em oração a Deus, para que peça perdão pela mentira e a você também.

– Mostre a ele a importância de dizer a verdade, e que no final das contas, ele pode até ficar de castigo pelo vaso quebrado, mas ele ter dito a verdade, o livrou de uma pena e um castigo mais severo.

– Explique que, dessa vez, não houve correção, mas que a mentira não será tolerada em nenhuma situação.

– E que da próxima vez que acontecer algo, espera que a verdade seja usada da primeira vez, mesmo que isso redunde em perdas e danos para ele.

– Fale sobre a consequência do pecado e da importância de lidar com elas.

Se NÃO for a primeira vez ou se no caso acima, da segunda vez que perguntar, ele permanecer na mentira…

Você precisa discipliná-lo de forma mais contundente, NUNCA com ira, mas com amor e firmeza. (Provérbios 29:15, Provérbios 13:24).

Nesse momento, é sempre importante lhes lembrar do quão grande é o seu amor por ele, e o quanto você sofre com o seu erro, mas que esse é um momento de oportunidade que Deus deu a você, de ensinar-lhe a forma correta de agir.

Em ambos os casos …

– Finalize com uma oração, agradecendo a Deus pelo Espírito Santo que habita em nós e que nos convence do pecado e pedindo a Deus que o ajude, para que em uma nova situação, independente de QUALQUER COISA, ele possa dizer a verdade.

– Aproveite para ensinar ao seu filho sobre dependência.

Ele é pecador, nosso coração é inclinado ao mal e para que venhamos a fazer o que é bom, precisamos buscar a Deus que nos limpa e nos purifica de todo o pecado e nos dirige pelos caminhos de retidão.

Assim, quando crescer, saberá o valor da verdade em toda e qualquer situação, e com a graça de Deus poderão viver uma vida agradável ao nosso Deus, sendo instrumentos de benção onde quer que Ele os conduza.

A missão de mãe e pai, não é fácil, exige de nós disciplina, paciência, muito amor e acima de tudo, uma busca de sabedoria do alto, para que possamos desempenhar este papel como Deus quer que o façamos.

Que Deus nos abençoe!

Ensina a criança no caminho que deve andar, para que quando crescer, jamais se desvie dele.  Provérbios 22:6

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos