Cristianismo

O que o natal significa para você?

O que o natal significa para você?

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

Esta é uma época de muitas festas, comemorações, ceia farta, amigos secretos… São tantas coisas que, muitas vezes, esquecemos de celebrar o verdadeiro sentido do natal.

Mas o que significa o natal? Qual o verdadeiro significado do natal?

E o que nós podemos ensinar aos nossos filhos?

Você sabe de onde vem o dia 25 de Dezembro? Será que Jesus nasceu mesmo neste dia?

Não. Não existe registro da data exata do nascimento de Jesus.

Mas será que esse foi o período em que Jesus nasceu… No fim do ano?

Entre os estudiosos do Novo Testamento e das origens do cristianismo, é consenso que ele não nasceu em 25 de dezembro.

Na Bíblia, Lucas afirma que Jesus nasceu na época de um grande recenseamento, que obrigava as pessoas a saírem do campo e irem às cidades se alistar. Só que, em dezembro, os invernos na região de Israel são rigorosos, impedindo um grande deslocamento de pessoas. Além do que não dá para imaginar um menino nascendo numa estrebaria, mesmo lá dentro, o frio seria insuportável.

O mais provável é que o nascimento tenha ocorrido entre março e novembro, quando o clima no Oriente Médio é mais ameno.

Mas de onde surgiu o 25 de Dezembro?

Era uma importante festa pagã, no tempo do Império Romano, realizada por volta do dia 25 de dezembro e “cristianizaram” a data, comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez no ano 354, após a conversão do Imperador Constantino.

A tal festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti (“nascimento do sol invencível”), era uma homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma. As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano.

No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa – ele costuma ser próximo de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25. E daí surgiu o dia 25!

Mas o que realmente significa o natal. Ah… Andressa. Essa é fácil! O nascimento de Cristo. Sim, com certeza. Mas o que o nascimento dEle representa para a humanidade? O que o nascimento dEle representa para você?

Em Gênesis 3: 14,15 podemos encontrar o seguinte texto:

14 Então, o Senhor Deus disse à serpente: Visto que isso fizeste, maldita és entre todos os animais domésticos e o és entre todos os animais selváticos; rastejarás sobre o teu ventre e comerás pó todos os dias da tua vida. 

15 Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. E à mulher disse: Multiplicarei sobremodo os sofrimentos da tua gravidez; em meio de dores darás à luz filhos; o teu desejo será para o teu marido, e ele te governará. 

17 E a Adão disse: Visto que atendeste a voz de tua mulher e comeste da árvore que eu te ordenara não comesses, maldita é a terra por tua causa; em fadigas obterás dela o sustento durante os dias de tua vida. 

18 Ela produzirá também cardos e abrolhos, e tu comerás a erva do campo. 

19 No súor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás.

20 E deu o homem o nome de Eva a sua mulher, por ser a mãe de todos os seres humanos. 

21 Fez o Senhor Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher e os vestiu. Fez o Senhor Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher e os vestiu.

Mas o que o natal tem a ver com isso?

O natal é o nascimento de Cristo, não é? Mas essa história não começa aqui, o seu início se dá exatamente aí, deixa eu te explicar!

Depois que Adão e Eva desobedeceram e pecaram, foram banidos da presença de Deus, condenados à morte; mas nem tudo estava perdido.

No momento em que Deus, no versículo 15, profere a sentença contra a serpente, Ele nos dava o primeiro anúncio do evangelho, as boas novas de salvação, messias prometido. Que nasceria como descendente da mulher, para esmagar a cabeça da serpente, para triunfar sobre aquele que tinha o poder da morte.

Esse foi o primeiro anúncio do natal!

O que significa o natal? O natal aponta para a justiça e a bondade de Deus.

Ele é justo. Na infração da lei, o homem merece a condenação. E Deus como juiz perfeito e santo, que julga retamente, oferece ao homem o que lhe é devido.

Ele é bom. E, por isso, Ele olhou para o homem com amor, graça e misericórdia e mandou o Seu filho, nascido de mulher, para vir ao mundo como homem, e sem pecado viver uma vida perfeita para Deus, que o destinou a morte, morte de cruz.

A bondade de Deus joga luz para sua justiça, de que pecadores separados de Deus, não podendo ter comunhão com Deus, tiveram reconciliação por meio do sofrimento e sacrifício do messias na cruz.

 Adão e Eva receberam a punição pelo seu pecado. Eva teve uma sentença em duas áreas cruciais para a vida da mulher, primeira área: a maternidade, ela agora teria filhos por meio de dores. E a segunda área: ela seria governada pelo seu marido.

Adão também teve uma sentença em duas áreas cruciais para a vida do homem. Primeira área: o trabalho, ele adquiriria o seu sustento, a provisão que ele precisava para sua família por meio de dores, por meio de súor de seu rosto e a segunda área, foi a sua liderança, o homem foi chamado para ser o mordomo de toda a criação. E, agora, Deus estava atribuindo ao homem a responsabilidade de toda a criação sofrer. A terra produziria cardos e abrolhos, a partir de agora haveria doenças, morte e dor.

Ao passo que Deus trazia essa sentença, que era a morte e a separação do homem e da mulher, de uma comunhão íntima com Deus, o próprio Deus, proveu uma promessa, haveria um Messias, o Salvador.

O nascimento de Jesus foi o cumprimento da promessa de Salvação ao ser humano!

O nascimento de Jesus foi a demonstração do amor de Deus a nós, que nada merecíamos, mas por graça, misericórdia e bondade, Deus nos amou e entregou o seu próprio filho, como filho perfeito, porque só através de um cordeiro sem mácula, o preço poderia ser pago, e a salvação poderia ser concedida a mim e a você! 

O nascimento de Jesus trouxe a esperança de vivermos novamente reconciliados com Deus, vivendo em comunhão com Ele!

O nascimento de Jesus trouxe salvação àquele que estava perdido e condenado!

Se você crer que Jesus foi o cumprimento da promessa de Cristo, o verbo que se fez carne, o filho de Deus que veio ao mundo para cumprir a lei perfeita de Deus e morrer por mim e por você, esse evento mudou completamente a sua vida!

Se mudou mesmo… Não pode ser lembrado apenas em um dia do ano, mas deve ser lembrado todos os 365 dias.

Não deixe para sentir a alegria e o amor revelados pelo nascimento de Cristo apenas no dia 25! Sinta-o todos os dias! E viva a esperança, salvação e a vida que Ele te oferece!

O nascimento de Cristo pode ser lembrado hoje, mas não devemos nos apegar a esta data, pois o nascimento de Cristo, assim como sua morte e ressurreição, precisa ser celebrado todos os dias de nossas vidas!

Não deixe que o dia acabe sem que você possa sentar com os seus filhos, a sua família, e ensiná-los sobre o que significa o nascimento de Cristo e trazer-lhes a celebração, alegria e esperança para o próximo dia, e o próximo… E o próximo!

Andressa Oliveira

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos