Cristianismo

Por que famílias cristãs devem escolher escolas cristãs para seus filhos?

Por que famílias cristãs devem escolher escolas cristãs para seus filhos?

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

“E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.” Dt 6:7

A palavra de Deus é clara quanto a responsabilidade dos pais na educação dos seus filhos. A educação passa por diversas áreas, ela está presente na vida do ser humano desde seu nascimento até o momento em que finda sua vida. Os pais são os primeiros educadores, e desde o início, são os responsáveis pelo sustento material, cultural, afetivo e espiritual dos pequenos.

A educação formal, que geralmente é delegada à escola, envolve uma parte da educação de toda criança. Essa educação é realizada em parceria com a família, que escolhe uma instituição de acordo com suas crenças, valores, e condições financeiras.

Veja que em toda parceria deve haver alinhamento e interesses comuns. Se a escola se posiciona de maneira contrária à família no que se refere à educação da criança, ao invés de ajudar os pais a cumprirem o mandamento de Deus de guiar seus filhos para Ele, a escola será mais uma pedra de tropeço nesta missão. Desta forma, famílias cristãs devem buscar escolas que ensinem com base na Verdade de Deus.

Veja 8 razões pelas quais famílias cristãs devem escolher escolas cristãs para seus filhos.

1. Educação com princípios bíblicos.

Uma escola cristã tem sua agenda e currículo baseados em princípios bíblicos, que os pais cristãos se preocupam em ensinar em casa e sabem que os filhos têm na igreja. Se as crianças e adolescentes passam em média quatro horas na escola, é importante que eles recebam um ensino baseado na Palavra de Deus, para sua formação como servos e filhos Dele. Numa escola cristã, os alunos normalmente recebem conteúdos bíblicos ou temas atuais baseados na Bíblia por meio de uma disciplina específica lecionada por um profissional cristão e preparado para isso.

  1. Ensino das disciplinas básicas numa perspectiva cristã.

Outro ponto importante numa escola cristã é a preocupação do ensino das disciplinas básicas dentro de uma perspectiva cristã, que não fira a sua fé em um Deus único e verdadeiro. Mesmo que o conteúdo contrário à verdade bíblica, seja ensinado, por uma questão legal, os professores podem mostrar o lado bíblico do assunto. Geralmente são temas científicos e éticos.

  1. Ensino do Criacionismo.

Dentro do contexto de conteúdos do ensino regular, um tema muito comum é sobre a origem do ser humano, explicado nas aulas de Ciências e Biologia sob o ponto de vista da Teoria da Evolução de Charles Darwin. É claro que as escolas não podem simplesmente abandonar os ensinamentos sobre a evolução das espécies, por ser um assunto comum em vestibulares, ENEM e outros tipos de exames. Por outro lado, numa escola cristã, os professores podem ensinar a Teoria do Criacionismo, não somente como conteúdo bíblico, mas como assunto que é defendido por muitos cientistas, que não aceitam a Teoria da Evolução.

  1. Discussão de temas atuais em uma perspectiva centrada na Palavra de Deus.

Ainda em relação aos conteúdos do ensino regular, existem temas que são muito caros à família cristã e que estão sendo desconstituídos na sociedade. São temas que estão, principalmente, ligados à estrutura familiar. Uma escola cristã se preocupa em ensinar esses temas aos seus alunos da forma como a Bíblia ensina, mas também se preocupando em orientar sobre a aceitação, a não discriminação e a convivência em amor.

  1. Apoio ao compromisso dos pais cristãos em educar os seus filhos de acordo com a vontade do Senhor.

A escola cristã deve ter o compromisso de ser uma extensão da educação cristã fornecida em casa e na igreja.

  1. Momentos de oração e louvor.

Numa escola cristã, seu filho terá momentos dedicados à oração e ao louvor a Deus.

  1. Excelência.

Ensino e orientação para que os alunos busquem sempre a excelência, fazendo tudo como que para Deus, sejam cidadãos e responsáveis, profissionais qualificados e cristãos conscientes do seu papel de fazer a diferença no mundo em que vivem.

8. As comemorações de uma escola cristã são diferentes.

Numa escola cristã, se comemora o Natal, a Páscoa, o Dia das Mães, o Dia dos Pais, o Dia de Ação de Graças, o Dia da Bíblica e outras importantes celebrações dentro do calendário cristão. Isso evita que a criança passe por desconfortos por escolher ficar de fora de atividades relacionadas a festividades, como o carnaval, que exalta valores contrários à palavra de Deus.

Referências:

https://ipenilopolis.com.br/2020/02/04/8-razoes-para-matricular-seu-filho-em-uma-escola-crista/

http://colegioamericanobatista.com.br/blog/o-papel-dos-pais-cristaos-na-educacao-de-seus-filhos/

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos