Cosmovisão

Qual "verdade" tem norteado sua vida?

Qual

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

“A terceira mentira que me foi contada na Universidade foi:
“Siga sua própria verdade.”

Alguns abraçam a necessidade da fé e a realidade da verdade absoluta, mas nos instruem a olhar para dentro, em vez de externamente, para encontrá-los. Muitos grupos de estudantes e movimentos em campus universitários anunciam a mensagem de que a busca mais nobre da vida e única esperança de contentamento é “viver sua verdade” como “você a faz” e “seguir seu coração” – ou seja, usar todo e qualquer desejo de seu carne para definir sua identidade, julgar a moralidade e justificar o comportamento vergonhoso.

Essa cruzada encobre a tentação subjacente que nosso inimigo tem causado há séculos: entregar-nos à sensualidade, luxúria e impureza para que possamos nos tornar insensivelmente endurecidos de coração (Ef 4.18-19; Rm 1.24-25). Enganados a ver os limites de Deus como uma alegria sufocante em vez de esbanjá-la em abundância, somos continuamente encorajados a buscar as tentações do mundo longe dele para nos satisfazer.

E ainda, no fundo de cada conta bancária, com desespero sobre padrões inatingíveis de beleza, nos solitários corredores da fama, e ao nascer do sol, após cada festa destrutiva, permanece a tristeza que embrulha o estômago de descobrir este mundo não pode, afinal, nos satisfazer. Quando estamos mais ancorados e governados pelas areias movediças do que sentimos, em vez de na rocha do que é verdadeiro, o inimigo nos encurrala no vazio do pecado, na ansiedade do desamparo e na exaustão do descontentamento.

A Escritura adverte que governar a vida pelo próprio pensamento, longe de nos iluminar, na verdade obscurece nosso entendimento e nos afasta da vida de Deus (Ef 4.17-18). É em nosso Criador que vivemos, nos movemos e temos nosso ser (At 17.28), e são os seus desejos, não os nossos próprios contraditórios, que são bons, confiáveis e duradouros até o fim.”

Fonte: https://voltemosaoevangelho.com/blog/2020/11/quatro-mentiras-que-meus-professores-me-contaram/

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos