Cosmovisão

A Bíblia é suficiente para todas as suas questões!

A Bíblia é suficiente para todas as suas questões!

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

“Apesar de ter sido tema de uma controvérsia recente, a discussão da suficiência das Escrituras é antiga — tem uns 500 anos!

Durante a Reforma Protestante, romanistas e reformados discutiam sobre a fonte de autoridade para a vida cristã. A igreja de Roma acreditava que eram autoritativos apenas os pronunciamentos oriundos de um instituto chamado Magisterium. Os protestantes acreditavam que a Bíblia era suficiente para interpretar as Escrituras e nenhum instituto era necessário!

Contemporaneamente a suficiência das Escrituras foi questionada pela ciência secularizada que reduz o escopo de sua autoridade para as questões meramente doutrinárias, para a teologia e para a pregação. Não sendo ela suficiente para lidar com as questões existenciais, científicas, filosóficas e políticas do nosso tempo.

Apesar de ser uma tendência — até em alguns púlpitos no Brasil — essa não é a visão reformada sobre a suficiência da Bíblia para TODA a vida cristã.

A melhor discussão desse tópico vem das páginas de John Frame em A Doutrina da Palavra de Deus, onde lemos a seguinte explicação:

“Os cristãos, algumas vezes, dizem que as Escrituras são suficientes para a religião, pregação, ou teologia, mas para coisas como reparos automotivos, encanamento, pecuária e odontologia. E claro, defendem que ela não é suficiente para ciência, filosofia ou mesmo para a ética. Isto implica em se perder um ponto importante. Certamente, as Escrituras contém informação específica mais relevante para a teologia do que para odontologia. Mas, suficiência no presente contexto não é suficiência de informação específica, mas suficiência das palavras divinas. As Escrituras contêm palavras divinas suficientes para tudo que diz respeito à vida. Ela tem todas as palavras divinas que o encanador precisa, e todas as palavras divinas que o teólogo precisa. Por isso, ela é tão suficiente para o encanamento, quanto é para a teologia. E neste sentido, ela é suficiente para a ciência e para a ética também”.

A suficiência das Escrituras é complexa e importantíssima para a vida cristã, e será justamente ela que nos livrará da terrível autossuficiência.”

Pedro Dulci

Fonte: https://www.instagram.com/p/CHbcDPdD9Mm/?igshid=k963ei8hzfaw

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos