Cristianismo

Qual a força do pecado contra nós?

Qual a força do pecado contra nós?

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos

“Há duas forças muito poderosas no mundo que tem estado aqui desde o momento em que Eva comeu do fruto proibido no Jardim do Éden. Essas duas forças são o pecado e a graça Divina. Um grande poder é o pecado, um poder obscuro, misterioso, sinistro, mas cheio de força. As dores da humanidade, de onde vieram, senão do pecado? Nós não teríamos conhecido guerra, nem peste, nem fome, nem nada de doença ou tristeza teria ferido a raça humana se o pecado não tivesse semeado sua semente do mal nesta terra!

O pecado é a caixa de Pandora de onde todo o mal veio para a humanidade. Veja os estragos que a morte fez, seus outeiros estão em toda parte! Sua poderosa foice corta homens para baixo como o cortador corta a erva do campo, mas a morte veio pelo pecado e depois da morte vem o juízo e, ao ímpio, a desgraça que nunca poderá ser descrita, a ira eterna cuja escuridão da tempestade mais selvagem pode não imitar!

Quem cavou esse abismo? Foi a justiça de Deus por causa do pecado e o pecado deve, portanto, ser acusado de autoria da tristeza, doença, morte e inferno. Esta não é uma potência média com a qual entramos em conflito, é um verdadeiro Golias, perseguindo e desafiando toda a raça humana!

O poder de lutar e vencer o pecado nunca é descrito na Palavra de Deus como a bondade nata da natureza humana! Ela é apenas como a cera diante do fogo, ou como a gordura de carneiros sobre o altar, é consumida em um momento no feroz calor do pecado.

A força para combater o pecado nunca é descrita nas páginas da Palavra de Deus como o poder do esforço humano para guardar a Lei. Na verdade, isso foi tentado e fracassou totalmente! O caminho para o Céu não é nas laterais íngremes do Sinai, essa montanha granítica é muito acidentada e muito alta para os pés humanos subirem sem ajuda. Não, não podem ser encontradas as armas com que o homem possa destruir seus pecados e lutar pelo seu caminho para a felicidade eterna.

A única força contra o pecado é a graça Divina, então meu texto nos diz, e podemos aprender a mesma verdade de Deus a partir de cem paralelos. E o que é a graça? A graça é o favor gratuito de Deus, a graça imerecida do sempre gracioso Criador contra quem temos ofendido, o generoso perdão, a bondade infinita, espontânea do Deus que tem sido provocado e irritado com o nosso pecado, mas que, deleitando-se com a misericórdia e entristecido de ter que ferir as criaturas que Ele fez, está sempre pronto para passar pela transgressão, a iniquidade e o pecado, e para salvar o Seu povo de todos as terríveis consequências de sua culpa.” 

Trecho do sermão Nº 3115, publicado em 22 de outubro de 1908. Pregado por C. H. Spurgeon, no Tabernáculo Metropolitano, Newington, em 1 de Novembro de 1874.

Hello,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cadastre seu e-mail e receba com prioridade nossos conteúdos